Setembro Amarelo: ferramentas de apoio psicológico on-line

Hoje (30), é o último dia do Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio e conscientização sobre a importância da saúde mental. Isso não significa que precisamos parar de falar sobre o tema ou deixar de oferecer apoio a pessoas que estão sofrendo emocionalmente e psicologicamente – principalmente durante a pandemia.

Como alternativa durante o isolamento social, alguns programas e instituições oferecem apoio psicológico gratuito e on-line. Confira abaixo algumas iniciativas:

Mapa da Saúde Mental:

O Mapa da Saúde Mental é um projeto desenvolvido por uma equipe de psicólogos e profissionais da área saúde e educação. O site ajuda as pessoas a encontrarem serviços públicos de saúde mental em todo o Brasil, e indica projetos de atendimento individual e coletivo, como grupos de apoio a públicos específicos, como LGBTIA+, jovens e migrantes.

Apoiar:

O Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo (USP) oferece o programa Apoiar a profissionais de saúde, adolescentes (com o consentimento dos responsáveis) e a pessoas maiores 18 anos. Os interessados devem enviar um e-mail para: apoiar@usp.br. 

Centro de Valorização da Vida (CVV):

O CVV é o serviço mais conhecido de apoio emocional e prevenção do suicídio. Realizado por voluntários, o projeto atende gratuitamente a qualquer horário do dia por meio do chat on-line ou ligação. O contato pode ser realizado de forma anônima. Acesse o site cvv.org.br ou disque 188!

Se você é um jovem do Formare e precisa de ajuda: fale! Os educadores, coordenadores e até os colegas de turma podem te escutar e ajudar a encontrar auxílio de um profissional de saúde. É importante que você saiba que não está sozinho, que estamos comprometidos a ajudá-lo a superar os desafios da vida e os impactos do isolamento social na saúde mental.