Programa Formare:
qualificação profissional de jovens para gerar transformação social

Formação de qualidade e voluntariado

O Formare é um programa social de educação profissional criado e conduzido pela Fundação Iochpe em parceria com empresas de médio e grande portes de vários setores econômicos. Oferece cursos de educação profissional para jovens de baixa renda regularmente matriculados no ensino médio de escolas públicas. O programa acontece dentro de fábricas ou unidades de negócios. Os educadores voluntários são os próprios funcionários das companhias parceiras.

Certificados pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), os cursos ocorrem ao longo de até um ano e têm foco total em competências para a vida e para o mundo do trabalho. Essa abordagem resulta num índice de empregabilidade de 80% dos jovens participantes. Mais de 1,3 mil jovens estão em formação em 2018 e quase 25 mil já foram certificados desde 1989.

Classificada como entidade qualificadora pelo Ministério do Trabalho, a Fundação Iochpe desenvolve toda a parte pedagógica, especialmente desenhada para as necessidades do negócio da empresa parceira. A companhia adota o Formare que pode ser desenvolvido pelos modelos social (investimento direto) ou aprendiz (enquadrado na Lei de Aprendizagem 10.097, de 2000).

A fundação também fornece materiais pedagógicos e qualifica os funcionários das empresas para atuação como coordenadores e educadores voluntários, que já somam mais de 5 mil em todo o país e no México, onde há duas unidades em operação.

46 empresas parceiras
47 cidades em 13 Estados brasileiros
5.105 educadores voluntários
1.340 jovens em formação

Equipe Formare

Adriana Vasone Ferrazoli

Supervisora de expansão e parcerias

adriana@fiochpe.org.br

Ana Carolina da Silva

Analista de projetos

anacarolina@formare.org.br

Andressa Angélica

Secretária

andressa@fiochpe.org.br

Armando Coló Neto

Supervisor de expansão e parcerias

neto@fiochpe.org.br

Beth Callia

Coordenadora-geral do Programa Formare

beth@formare.org.br

Cláudio Anjos

Diretor-executivo

claudio@fiochpe.org.br

Eliane Ferreira

Analista projetos

eliane@formare.org.br

Evelyn Ioschpe

Presidente da Fundação Iochpe e do Instituto Arte na Escola

contato@formare.org.br

Gláucia Medeiros

Supervisora de projetos sociais

glaucia@formare.org.br

Inês Mendonça

Coordenadora administrativo e financeira

ines@fiochpe.org.br

José Antonio Küller

Coordenador pedagógico

josekuller@formare.org.br

Leiliane Ferreira

Assistente administrativa

leiliane@formare.org.br

Luciano Máximo

Coordenador-geral de comunicação e parcerias

luciano@fiochpe.org.br

Maíra Martinez

Coordenadora de comunicação

maira@fiochpe.org.br

Nayara Filgueiras

Assistente administrativa e financeira

nayara@fiochpe.org.br

Roberto Candido

Coordenador pedagógico da UTFPR

contato@formare.org.br

Socorro Filgueiras

Assistente administrativa e financeira

socorro@fiochpe.org.br

Suzana Santana

Supervisora pedagógica

suzana@formare.org.br

Sobre a
Fundação IOCHPE

A Fundação Iochpe desenvolve programas nas áreas de educação e cultura por meio de parcerias com instituições públicas e privadas desde 1989. É instituída como entidade sem fins lucrativos qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (Oscip), que se dedica a apoiar profissionais e empresas em suas ações de investimento social. Tem como mantenedora a Iochpe-Maxion SA.

Com olhar prioritário na educação de crianças, adolescentes e jovens, a Fundação Iochpe apoia ações de investimento social e atividades culturais, beneficiando mais de 120 mil pessoas em todo o Brasil. Os programas sociais, nos vários níveis do ensino básico, promovem o desenvolvimento integral de crianças e jovens. Buscam capacitá-los a exercer uma profissão, ampliar suas habilidades de expressão e comunicação e estimular sua criatividade, reforçando, assim, sua formação como cidadãos.

Com o Programa Formare o foco é a educação profissional. A Fundação Iochpe ainda é mantenedora do Instituto Arte na Escola (IAE), cuja missão é qualificar o ensino de artes no Brasil e promover a formação de professores da educação básica do país.