O rapaz sorridente do Formare que virou enfermeiro

O “rapaz sorridente” da foto na página inicial deste novo site do Programa Formare é Tiago Tavares. Em 2004 ele foi aluno Formare da Bardella SA Indústrias Mecânicas. Ele aprendeu muito com o programa e hoje, quase 15 anos depois, tem uma carreira bem sucedida na área de saúde. Navegando pela internet, ele se deparou com o novo site do Formare e tivemos a grata surpresa de receber um belo depoimento. Leia abaixo o e-mail do Tiago e aproveite para mandar também o seu relato para historias@formare.org.br, não importa se você é aluno ou ex-aluno, educador voluntário, coordenador, executivo. Basta fazer parte da rede Formare:

“Me chamo Tiago Tavares, sou o rapaz sorridente da foto do site de vocês, kkk. Sim, na foto eu sorria muito. E daquele tempo para cá não deixei mais de sorrir. Participei do Programa Formare na Bardella em 2004. Graças a Deus eu tive essa excelente oportunidade. O Formare não foi apenas um curso técnico, mas foi uma escola para a vida, recebi conselhos, lições, aprendi a conviver com pessoas (estudávamos em horário integral) e de noite tínhamos que cursar o ensino médio. Foi corrido, às vezes exaustivo, mas era gratificante.

Eram tempos difíceis para mim e alguns amigos/irmãos desse projeto social — uns 70% do grupo são amigos até hoje. Tínhamos várias oportunidades para fazer tudo errado, tínhamos a incerteza da adolescência, as adversidades da vida, a pobreza quase que extrema. Me lembro que muitas vezes minhas únicas refeições eram feitas lá na Bardella. O mesmo vale para alguns amigos/irmãos.

Como as coisas eram bem difíceis e eu não tinha ao menos um norte ou perspectivas para minha vida, abracei o projeto como a salvação de um barco em naufrágio. Meu curso era o de assistente de gestão de sistemas. Eu estudava em uma metalúrgica, porém tive aulas com profissionais da área de saúde, (médico, dentista, profissionais de enfermagem). Devido a isso, escolhi o que eu queria para a vida.

Uns 15 dias depois que conclui meu curso Formare, após uma linda e agradável formatura, fui contratado pela Bardella. Meu Deus, que sonho! A vida levou outro rumo!

Eu atuei na Bardella por quase cinco maravilhosos anos. Fui educador voluntário do Formare. Porém, mesmo com boas oportunidades e estabilidade, eu não me interessava pela área da metalurgia, engenharia ou mineração. Eu gostava de pessoas, eu gostava de cuidar de gente e de servir. Conversei com minha liderança na época sobre isso. Muitos foram meus educadores no projeto — na verdade, muitos deles eu tinha como pais. Decidi estudar enfermagem, tive o apoio de todos. Me formei na área da saúde, me desliguei da empresa, mas até hoje sou ligado a todos com muito carinho e gratidão. Hoje sou enfermeiro graduado e responsável por um pronto socorro e uma equipe com alguns profissionais.

Sou muito feliz, muito grato a Deus pela oportunidade. Grato à Fundação Iochpe, à família Bardella, ao grande apoiador do Formare José Roberto [Mendes da Silva, atual vice-presidente da Bardella], à minha família, aos meus amigos do curso e meus educadores voluntários.

Que Deus continue abençoando a todos.”

Quer ser um Jovem Formare?