Formare da Siemens dá lucro e é destaque na revista Exame

Parceira da Fundação Iochpe no Programa Formare desde 2012, a multinacional Siemens foi a primeira das 46 empresas que atualmente investem nesse projeto social a botar na ponta do lápis todos os custos e ganhos do Formare em sua fábrica em Jundiaí (SP).

A equipe da Fundação Siemens, responsável pela gestão do dia a dia do Formare, se dedicou a calcular o retorno sobre o investimento social (ROI) e descobriu que o programa dá lucro. Esse desempenho mereceu grande destaque na atual edição da revista Exame. A reportagem, em duas páginas, mostra que o investimento da Siemens no Programa Formare tem retorno comprovado. Segundo a matéria, a Siemens investe anualmente R$ 350 mil para a manutenção do Formare (considerando bolsa auxílio aos jovens, mensalidades à Fundação Iochpe, entre outras despesas), mas obteve um retorno de R$ 720 mil (nessa conta, a empresa considerou custos que evitou com treinamento de pessoal, recrutamento e seleção de novos funcionários e marketing positivo gerado pelo projeto social).

Clique aqui para ler a reportagem na íntegra.

O ROI do Programa Formare foi desenvolvido em parceria entre a Fundação Iochpe e o Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (GVces). A metodologia está disponível para todas as empresas parceiras do Formare. Clique aqui para conhecer melhor o ROI.